Alma: Uma partícula de memória, para este dia 13 de Maio

Postado em


um+mundo+novo-capas [78] daeiena

Neste dia 13 de Maio, muitas pessoas virão através dos mais variados canais de comunicação prestar suas homenagens aos chamados “pretos-velhos”. Muitos dos cânticos destes ancestrais possuem a palavra Jesus.

É sabido, que a figura de Jesus não faz parte das culturas Angola, embora é notável, que muitos destes Ancestrais saúdem Jesus, quando da chegada dos mesmos, incorporando-se nos Médiuns.

Daí a noção ocidental, deturpada do conceito de Alma Africana, de acreditar que a fala deste africanos legitima que a figura de Jesus existe, para lá dos portões do além mundo. Digo a vocês, errado!

Diferente do conceito de Alma que a maioria dos ocidentais possui, e me refiro aqui a “Alma Linear” a Alma Africana, o seu conceito é Cíclico. E mais do que isso, a Alma para o Africano é Multifacetada. O que isso significa? Que existem inúmeras, ou melhor, infinitas Almas no Orún (o céu) que compõe diversas encarnações, cada uma delas é uma Construção Cultural, já vivida neste planeta.

Cada uma delas representa uma Memória, e com isso repete de maneira cíclica tudo que aprendeu, de bom ou de ruim, sendo esta partícula Estanque, Imutável (não há evolução)

Por fim, quando alguns destes pretos-velhos saúdam Jesus, temos ali a figura do “preto evangelizado” apenas representando, o que quando encarnado ele mesmo aprendeu como certo e/ou fora obrigado a acreditar.

Para quem deseja conhecer mais sobre o assunto, indico

O vídeo de minha autoria: Conceito de Alma na Teologia Yoruba e este filme, cuja capa esta sendo divulgada aqui, que retrata exatamente o que é uma Alma Cíclica.

Link: https://www.youtube.com/watch?v=fNOvSDJEnp0

Anúncios