O que uma pessoa precisa saber ou fazer para ser da Religião Yorubá?

Postado em


– Que a religião é politeísta
– Que a alma é multifacetada
– Que existe atunwa (re-encarnação)
– Que temos casamento
– Que temos cerimônias fúnebres
– Que temos sistema divinatório (oráculo)
– Que temos culto individual (orí)
– Que temos culto coletivo (imolé/orixá)
– Que a religião é iniciática
– Que ser iniciado é um chamado divino
– Que nem todos recebem orixá
– Que existe kzila (proibições vitalícias de acordo com o orixá iniciado)

– Que existe ewo (proibições gerais da religião):

– Usar preto: (preto é a cor única e exclusiva de ikú = a morte, usar preto é pedir para antecipar a morte)
– Não comer a comida dos mortos e comidas amaldiçoadas mitologicamente
– Não profanar o corpo sacro a orixá em nenhuma instância
– Não profanar a alma, alimentada e equilibrada ponte de comunicação divina e interna

– Que você possuirá poderes sobre os elementos regidos por suas divindade
– Que você deve conhecer a história dos deuses
– Que você deve conhecer a Genise
– Que você deve conhecer a teologia
– Que você deve conhecer a liturgia
– Que você deve conhecer a filosofia (ethos)
– Que você deve viver a Cosmologia
– Que a Religião Yorubá possuir vários caminhos, nem todos são o da iniciação a orixá
– Que existe vários tipos de iniciação
– Que utilizamos do sacrifício ritual e da comunhão alimentar
– Que você irá aprender a dar valor a terra
– Que você irá aprender a dar valor aos animais e plantas
– Que você irá aprender a conhecer as folhas
– Que você irá aprender a conceituar o mundo por outra optica
– Que se você for elegun, você entregou sua existencia para servir a sua divindade (se não permaneça como abian = aspirante)
– Que você é um representante cultural yorubá
– Que o sentido da vida e ter iwa-pelé (moral e ética)
– Que nascer para nós é um ciclo
– Que morrer para nós é ser esquecido

Baba Kejaiye

Anúncios