“Ensaio sobre a dádiva versos culto de orixá”

Postado em


Essai sur le don a lesse òrisá

“Ensaio sobre a dádiva versos culto de orixá”

Será mesmo? Fico me perguntando, até onde nos iniciamos em busca de nos tornarmos super-herois?

Até onde as pessoas são iniciadas pensando subir de vida? ficar ricas? escapar de uma morte subta? ou até mesmo se curar de uma doença grave?

Culto de Tradição de Orixá existe para louvor. (ponto)

Se chove, em benin pede-se a Dan para que acalme as chuvas.

Se a comunidade de Oyó vê-se em risco pelos raios em dias de trovoadas, pede-se a Xangô que acalme o tempo.

Sim, da-se em troca de algo. Mas o Culto de Tradição de Orixá não é isso! Ninguém se inicia para receber algo. Ao contrário, para os que pensam que iniciar-se não é doar-se, o é sim! Para os que não acreditam em caridade por parte do culto lesse-orixá a caridade existe sim!

Está sim, ofuscada! Pelos olhos do materialismo, e pelo sistema de trocas! E-te-dou / tu-me-dás. Isso não existe!

Damos a Orixá todos os dias! Pelos simples fato dele ter nos recebido, nos incluído como seus filhos!

Orixá não tem que negociar conosco! Dar-nos para que ele recebe algo. Nosso culto é de louvor e não de trocas!

Pense nisso! E que Orixá lhe acompanhe!

Bàbá Kejaiyé

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s