Casas de Nagô

Postado em Atualizado em


Casa de Nagô (Nago Oluorogbo) – fundada no ano de 2008 por Bàbá Kejàyé de tradição nagô, deu origem ao Ile Afefe. Localizada em Pelotas-RS. No Ilé são recebidas entidades africanas jeje-nagôs ou (iorubás): Elegbará,Ogúm,Iroko,Oxossi,Logun,Ossaniyn,Agué,Obaluaye,Omulu,Jagun,Xango,Dadá,Agandju,Aiyrá,Sogbo,Badé,Averekete,Nanã, Oxumaré, Ewá,Yansán/Oya,Onira,Oba,Oxum,Yemoja,Bàbá Oke, Bàbá Oko, Bàbá Danko, Bàbá Ejigbó, Bàbá Obokun, Bàbá Olufon, Obatalá, Oluorogbo . A Cada de Nagô não possuiu culto a Encantaria e o patrono é Oluorogbo chefe desta casa, embora a casa seja dirigida por Olufon seguido das divindades Agbalú e Iyá Sagbá.

Casa de Oyá ou Ile Afefe Oya  – fundada em 9 de julho de 2012, co-irmã da Casa de Nago (Nago Oluorogbo) dirigida por Bàbá Dyonathan de Oya em que são recebidas entidades africanas jeje-nagôs ou (iorubás): Elegbará,Ogúm,Iroko,Oxossi,Logun,Ossaniyn,Agué,Obaluaye,Omulu,Jagun,Xango,Dadá,Agandju,Aiyrá,Sogbo,Badé,Averekete,Nanã, Oxumaré, Ewá,Yansán/Oya,Onira,Oba,Oxum,Yemoja,Bàbá Oke, Bàbá Oko, Bàbá Danko, Bàbá Ejigbó, Bàbá Obokun, Bàbá Olufon, Obatalá, Oluorogbo dentre outros; encantados ou caboclas de origem nativa: Urubatan, Rompe Mato, Jupira, Juçara, Janaina  e muitos outros.. A casa dedica-se ao culto aos orixás-voduns, que estão organizados por famílias, a saber: Oyá  que é a principal, hospedando as demais. A Casa é coordenada pela Divindade Oyá e pelo Encantado Seu Pena Dourada. Localizada em Chapecó-SC.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s